Conecte-se conosco

Entretenimento

Nobel de Literatura: 7 escritores brasileiros que poderiam ter vencido o prêmio – Entretenimento

Published

on





Na próxima quinta-feira (6), a Academia Sueca anuncia o nome do vencedor do Nobel de Literatura deste ano. A lista de possíveis vencedores inclui escritores do Quênia, Japão, Noruega, Antigua e Barbuda, França e Índia, mas nenhum do Brasil. Na verdade, ao longo dos 121 da história do prêmio, nenhum brasileiro foi laureado. Por isso, o R7 pensou em sete nomes que poderiam ter ganhado a honraria.


Globalmente, o Nobel de Literatura é criticado por ser muito focado na Europa e América do Norte. Isso é evidenciado pelos cinco países com mais ganhadores: França, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Suécia, respectivamente.





Ao todo, 118 escritores já ganharam o prêmio, sendo 102 homens e 16 mulheres. Apenas quatro escritores sul-americanos ganharam o Nobel de Literatura: os chilenos Gabriela Mistral e Pablo Neruda, o colombiano Gabriel Garcia Márquez e o peruano Mario Vargas Llosa. O único escritor falante da língua portuguesa que já foi laureado é o português José Saramago, que ganhou em 1998.


O fato da língua portuguesa ser um idioma pouco falado fora do Brasil é um dos fatores que dificulta a presença de autores do país no Nobel. Por isso, para a lista de escritores nacionais que poderiam ter ganhado o prêmio também foi considerado nomes que, além de grande importância para a literatura brasileira, foram traduzidos para outros idiomas e chegaram a mercados internacionais.



1- Machado de Assis



Um dos mais importantes brasileiros, Machado de Assis poderia ter ganhado o Nobel de Literatura, mesmo o prêmio tendo sido criado poucos antes da morte dele. O escritor foi o fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras e se destaca com romances, contos e crônicas publicadas. Entre os livros mais famosos de Machado estão Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas.



2- Clarice Lispector



A escritora nasceu na Ucrânia, mas foi naturalizada brasileira e chegou a declarar em entrevistas que se reconhecia como uma cidadã do Brasil. Ela é uma das principais mulheres na literatura nacional, ganhou o Prêmio Jabuti mais de uma vez e tem uma extensa obra que contempla coletâneas de contos, como o livro Laços de Família, crônicas e romances, como A Hora da Estrela e Paixão Segundo G.H.



3- Guimarães Rosa



Responsável por escrever um dos maiores clássicos da literatura brasileira, Grande Sertão Veredas, Guimarães Rosa poderia ter sido laureado com o Nobel de Literatura. O escritor tem uma obra marcada pelo regionalismo, neologismos e pelo realismo fantástico.



4- Jorge Amado



Jorge Amado tem dezenas de livros publicados, diversos deles adaptados para o cinema e televisão, como Tieta do Agreste, Capitães da Areia e Dona Flor e seus Dois Maridos. O autor tem uma obra conhecida por críticas sociais e por retratar a sociedade baiana.



5- Carlos Drummond de Andrade



Entre os representantes da poesia brasileira, Carlos Drummond de Andrade é um dos principais nome. O poeta mineiro é considerado um dos brasileiros mais influentes do século XX e foi um dos principais escritores do modernismo brasileiro



6- Paulo Coelho



O Alquimista entrou para os recordes mundiais como o livro mais traduzido do planeta. O autor da obra, Paulo Coelho, é o escritor brasileiro mais vendido e, provavelmente, mais conhecido do mundo. Como ainda está vivo, o autor ainda pode ser reconhecido pela Academia Sueca.



7- Carolina Maria de Jesus



Por mais que tenha passado anos sem novas edições e sem destaque no universo literário do Brasil, a obra de Carolina Maria de Jesus é digna de um Nobel de Literatura. Uma das principais escritoras negras do país, ela ganhou fama quando ainda trabalhava como catadora de papel, teve milhares de exemplares vendidos e ficou famosa pelos diários, mas também escreveu poemas, músicas e romances.



Fonte: entretenimento.r7.com

Entretenimento

Filha de Susana Naspolini faz homenagem após um mês da morte da jornalista: Me conforta saber que ela não está mais com dor

Published

on


Julia Naspolini, filha de Susana Naspolini, emocionou a web na última sexta-feira, dia 25, ao fazer uma homenagem para a mãe, um mês após a sua morte. Nas redes sociais, a jovem escreveu um longo texto e abriu o coração sobre a luta que a repórter travava contra o câncer na bacia.

Oi, amigos! Julia aqui. Faz um mês que vim falar com vocês da notícia mais triste da minha vida. Hoje a saudade da mamãe bateu forte… O que me conforta é saber que ela não está mais com dor, que ela está em um lugar bem melhor, rezando pela gente!, começou.

E continuou:

Minha maior confidente, minha maior parceira, minha maior companheira, minha maior inspiração, meu porto seguro, minha melhor amiga, meu tudo, meu mundo, minha mãe. Sinto sua falta todos os segundos de todos os minutos de todas as horas de todos os dias. Queria tanto que você estivesse aqui pra conversar comigo, falar nossas besteiras, te contar das fofocas, perguntar sua opinião pra tudo, ver nossas séries, filmes, fazer nossos passeios, nossas viagens… Tínhamos tantos planos. Queria tanto que você tivesse aqui pra me fazer rir como ninguém faz. Queria tanto te contar como eu estou. Queria tanto os seus conselhos. Queria tanto o seu abraço. Obrigada por ter sido a melhor do mundo! Obrigada por, em qualquer circunstância, ter me dado colo e me feito sorrir. Obrigada por ter feito do mais simples até o impossível pra me fazer feliz. Obrigada meu Deus por ter me dado você como minha mãe. Tenho muito orgulho de ser sua filha! Você é única em todos os jeitos. Espero te orgulhar e te deixar feliz aí de cima. Te amo mais que o infinito e te levo comigo pra sempre. Eu sou você, mami, eu sou você! Te amo muito, Cutinha.





Fonte: entretenimento.r7.com

Continue lendo

Entretenimento

COPA DO MUNDO | Acompanhe AO VIVO o jogo entre Polônia e Arábia Saudita pela fase de grupos

Published

on


Foto: Reprodução

Direto do Catar, Polônia e Arábia Saudita disputam mais uma partida pela Copa do Mundo deste ano. O jogo é transmitido pela Globo, Globoplay, SporTV e GE. A narração do embate acontece dos Estúdios Globo na capital Doha e também no Rio de Janeiro.

ACOMPANHE POLÔNIA E ARÁBIA SAUDITA AQUI

A competição reúne 32 seleções na busca pelo título do mundial e é a última nesse formato. A partir de 2026, o conglomerado passa a ser de 48 equipes, sendo sediado em outros três países: Canadá, Estados Unidos e México.

O torneio vai de 20 de novembro ao dia 18 de dezembro nos oito estádios do mundial: Al Bayt Stadium, Lusail Stadium, Khalifa Internacional Stadium, Estádio 974 (ou Estádio do Porto de Doha), Education City Stadium, Al Thumama Stadium, Al Thumama Stadium e o Ahmed bin Ali Stadium.



Fonte: entretenimento.r7.com

Continue lendo

Entretenimento

Quem é Kris Wu, rapper condenado a 13 anos de prisão por estupro – Entretenimento

Published

on





O rapper Kris Wu, 32, ex-integrante do grupo de K-pop EXO, foi condenado pela justiça chinesa a cerca de 13 anos de prisão por estupro e “encontrar pessoas com o propósito de cometer adultério”, de acordo com o Tribunal Distrital de Chaoyang em Pequim. Além disso, será enviado para o Canadá, já que tem origem sino-canadense.


Kris entrou no EXO em 2012, mas sua história no K-Pop começou um pouco antes. Em 2008, ele mudou-se para a Coreia do Sul, onde foi trainee da S.M Entertainment após ser aprovado em audições da empresa no Canadá, país onde morava.


Com Kris, o grupo se tornou um dos maiores sucessos da Coreia do Sul, chegando a vender mais de 12 milhões de cópias já no primeiro lançamento.





No entanto, a passagem do rapper pelo EXO foi relativamente rápida. Em 2014, ele pediu desligamento do grupo para se dedicar à carreira solo, indo morar na China. Em julho desse ano, ele lançou Time Boils the Rain, música que está na trilha sonora do filme Tiny Times 3. Ainda nesse ano, se tornou a celebridade mais jovem a ter uma escultura de cera no museu Madame Tussauds de Xangai.


Da música para o cinema foi um pulo. Em 2015, ele estreou nas telonas no filme Somewhere Only We Know, que também mostrou-se um sucesso de bilheterias, lucrando quase 40 milhões de dólares na primeira semana de lançamento. Além de sua atuação, o filme conta com a presença de There Is A Place, música composta por Wu para o longa.


O cantor passou a ser o queridinho das marcas, se tornando embaixador de grupos importantes como Louis Vuitton, chegando a estampar capas de revistas de moda como a Vogue.



Acusação de estupro



No ano passado, o cantor foi acusado por uma estudante chinesa de 19 anos de estupro quando ela tinha 17 anos. Na ocasião da acusação, o cantor foi detido.


Segundo a menina, o cantor teria induzido ela e outras garotas, também menores de 18 anos, a fazer sexo com ele. De acordo com o tribunal, o artista estuprou três mulheres.


Após a acusação, o cantor e ator perdeu contratos com marcas como Louis Vuitton, Bulgari, L’Oréal e Porsche. Além disso, outras vítimas foram às redes sociais acusar a equipe de Wu de comportamento predatório.



Fonte: entretenimento.r7.com

Continue lendo
Publicidade

MAIS LIDAS