Conecte-se conosco

Entretenimento

Post Malone e Tame Impala atingidos pela proibição de shows em São Francisco

Published

on

Post Malone e Tame Impala foram forçados a fazer shows depois que as autoridades da cidade de São Francisco proibiram reuniões de mais de 1.000 pessoas devido ao surto de coronavírus.

O prefeito da cidade, London Breed, anunciou a proibição de duas semanas em um comunicado no Twitter na quarta-feira (11Mar20), com chefes no Chase Center, que deveria sediar os shows, consultando autoridades da cidade e concordando em adiar todos os shows até 21 Marcha.

O Tame Impala deveria se apresentar no local na sexta-feira, com o Post a tocar na próxima quinta-feira. Um show do Bell Biv Devoe & Friends em 21 de março também é afetado.

“Devido à crescente preocupação com a disseminação do coronavírus, e em consulta com a cidade e o condado de SF, todos os eventos até 21 de março serão inicialmente cancelados ou adiados”, diz um tweet dos chefes do Chase Center.

O time de basquete do Golden State Warriors, que está sediado no local, deveria jogar lá na quarta-feira a portas fechadas – mas a temporada da NBA foi suspensa depois que o jogador de Utah Jazz Rudy Gobert deu positivo para a doença.

A proibição de São Francisco também afetará os shows no Bill Graham Civic Auditorium e no Fillmore Auditorium, com o DJ holandês San Holo já anunciando que seu show no local anterior foi cancelado.

O governador do estado de Washington, Jay Inslee, também anunciou uma proibição semelhante em grandes encontros, resultando no cancelamento de shows pelo NGHTMRE e Brantley Gilbert no Tacoma Dome, perto de Seattle.

O governador não especificou uma data final para a proibição, com shows no Dome em abril de artistas como Billie Eilish, Celine Dion e Rage Against the Machine que ainda estão agendados para o momento.

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Gwen Stefani ‘mal pode esperar’ para compartilhar sua nova música com seus fãs ‘muito em breve’

Published

on

A cantora de 51 anos tem estado ocupada escrevendo novas músicas e admitiu que tem sido “tão terapêutica”, enquanto ela brincou que não vai demorar muito para ela lançar um pequeno “algo”.

Ela disse: “Estou muito animada. Você sabe, a música é minha tábua de salvação. É tão terapêutico e poder escrever novamente.

“Às vezes você aperta aquele botão e nada de bom sai, e outras vezes você aperta e é tipo, ‘Oh meu Deus. Está aberto. O canal foi aberto, está descendo através de mim. Obrigado.’ E é a melhor sensação, então mal posso esperar para compartilhá-la. Algo está chegando muito em breve. ”

O último álbum solo de Gwen foi o tema festivo de 2017, ‘You Make It Feel Like Christmas’, que apresentou o dueto intitulado com seu parceiro de longa data, a estrela country Blake Shelton.

Enquanto isso, o hitmaker ‘Hollaback Girl’ falou sobre o “muito emocionante” 25º aniversário do álbum de estreia do No Doubt, ‘Tragic Kingdom’.

Ela disse ao programa ‘Today’: “Foi muito emocionante, foram alguns dias emocionantes. Eu não sabia que me sentiria assim. Eu simplesmente não posso acreditar que as pessoas ouviram tanto aquele disco. sempre veio até mim, ao longo dos anos, e me disse que é o álbum favorito deles e o que os fez passar. “

Gwen era muito “inocente” na época e estava começando a se orientar na música quando eles fizeram o LP seminal indicado ao Grammy em 1995.

Ela acrescentou: “Foi um momento muito inocente para mim. Eu nem sabia que podia escrever canções,

Continue lendo

Entretenimento

Anitta: ‘Ser jovem é difícil, eles estão sempre te julgando e não é assim para os homens’

Published

on

Após o lançamento do novo single ‘Me Gusta’ feat. Cardi B & Myke Towers, Anitta na capa da Fault Magazine.

A superstar se tornou a principal artista de uma nova geração da música latino-americana, nesta entrevista discutindo suas novas músicas, levando-a internacionalmente e sendo orgulhosamente franca. Liderada por ‘Me Gusta’, a maior popstar feminina de todos os tempos está pronta para levar sua cultura para o mundo todo.

Na nova música ‘Me Gusta’ (ft. Cardi B e Myke Towers)…
“A música é sobre mulheres poderosas. Ela fala sobre como eu amo as mulheres que são elas mesmas, que dançam e fazem o que querem fazer. É uma mistura de gente também na pista – uma dos Estados Unidos, outra do mundo latino / Columbia e outra do Brasil, então é uma grande mistura cultural. O vídeo foi gravado no mesmo lugar que Michael Jackson gravou ‘They Don’t Really Care About Us’. Tem uma mensagem muito grande por trás disso. ”

Em se internacionalizar e levar a cultura brasileira para o mundo…
“Gosto de trazer minha cultura brasileira sempre que estou trabalhando porque acho que faz parte de quem eu sou! Faz sentido e explica por que estou fazendo isso, por que estou me internacionalizando. Quero levar minha cultura brasileira para o mundo. Então, quando chegamos ao estúdio ou desenhamos como será o videoclipe, sempre tentamos dar um toque brasileiro a ele. Mesmo que eu esteja cantando em espanhol ou inglês, sempre tentamos trazer o Brasil de alguma forma … Acho importante que meu país se sinta representado quando estou fazendo algo. ”

Sobre usar a crítica como motivação …
“Eu odeio muito quando as pessoas vêm até mim com esse preconceito, críticas ou ideias de algo que não faz sentido, ou sentem que não somos totalmente personificados na forma como falamos. Isso me motiva a educar as pessoas sobre como aceitar as diferenças. Aceitar que as pessoas têm gostos diferentes, as pessoas são diferentes umas das outras… Adoraria fazer parte da história. É por isso que gosto de ser … não problemático … mas trazer assuntos para as pessoas falarem, que as faça pensar. ”

Em ser totalmente ela mesma …
“Eu sou muito honesto sobre quem eu sou e sempre sou eu mesmo. E não acho que as pessoas possam aceitar tanto a verdade. Então para mim o mais difícil é fazer as pessoas entenderem o meu jeito de ser, que é bem diferente dos outros. O preconceito é um grande problema. Ser jovem é difícil, eles estão sempre te julgando e não é assim para os homens ”.

Continue lendo

Entretenimento

Declan McKenna enfrenta os Rolling Stones para o álbum número 1 desta semana

Published

on

É juventude vs experiência na atualização da Tabela de Álbuns Oficial desta semana, com Declan McKenna e The Rolling Stones competindo pelo álbum número 1 do Reino Unido.

Declan McKenna, de 21 anos, lidera as paradas do meio da semana com seu segundo álbum de estúdio Zeros. Se Declan continuar seu impulso, a coleção marcará seu primeiro top das paradas e o primeiro Top 10; sua estreia em 2017, O que você acha do carro? alcançou o número 11. Com base nas vendas durante o fim de semana, Zeros mudou a maioria das cópias físicas até agora.

Em segundo lugar, na metade da semana dos Rolling Stones, com a reedição de Goats Head Soup de 1973. O álbum alcançou o número 1 no lançamento há 47 anos e marcou o maior número de downloads de álbuns desde sexta-feira. Veja todos os sucessos dos Rolling Stones e onde eles chegaram.

A dupla eletrônica Hurts – Theo Hutchcraft e Adam Anderson – está rumando para seu primeiro álbum Top 10 em sete anos com Faith no número 5, enquanto a lenda da música britânica e Trinidadiana Billy Ocean está atualmente no número 6 com seu primeiro álbum novo em sete anos One World .

A banda de rock progressivo The Pineapple Thief pode coletar seu segundo álbum Top 40 com Versions of the Truth (14), 6ix9ine entra na parada do meio da semana com Tattletales (23) e o rapper americano Big Sean tem o novo lançamento mais transmitido da semana até agora com Detroit 2 (25).

O artista britânico de hip hop Tricky poderia lançar seu primeiro álbum no Top 40 em 19 anos com Fall To Pieces aos 31, o cantor country Bill Callahan pode ganhar uma segunda entrada no Top 40 do Reino Unido com Gold Record aos 33, e Fleetwood Mac retrospectiva dos primeiros anos Fleetwood Mac 1969 -1974 está em 39.

Continue lendo
Publicidade

MAIS LIDAS

Enable Notifications    Ok No thanks