Entretenimento

Ivo Meirelles relata racismo contra a filha em loja da C&A

Vitória Meirelles falou sobre o caso em seu Instagram e, na manhã desta terça-feira (24), seguiria para uma delegacia no Rio para relatar o incidente, segundo informou a assessoria do cantor.

O cantor Ivo Meirelles usou sua página oficial no Instagram para relatar um caso de racismo contra a filha, Vitória Meirelles, em uma loja da C&A, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (23).

“Racistas não passarão. O ocorrido foi na loja do centro do Rio, que fica na Rua do Ouvidor 186″, escreveu Ivo, que deu a entender através de uma hashtag que vai abrir um Boletim de Ocorrência após o incidente.

A assessoria do cantor informou que Vitória Meirelles, de 23 anos, seguiria para uma delegacia no Rio, na manhã desta terça-feira (24), para relatar o incidente.

“Uma vergonha. Acabei de saber que uma funcionária, loura, perseguiu a minha filha e chegou a invadir o provador, achando se tratar de uma ladra, apenas pela cor da pela. Para quem já teve um garoto-propaganda negro, isso é uma aberração”, desabafou Ivo.

Vitória Meirelles, filha do cantor, também detalhou o ocorrido com uma série de posts no Stories de seu Instagram

“Mais um caso de racismo (nenhuma novidade) e desta vez foi comigo. Pois é, na C&A do centro da cidade. Entro na intenção de comprar das camisetas brancas e durante todo o tempo em que as busco, uma segurança/supervisora, branca, de cabelos loiros, anda atrás de mim por cada canto da loja. O absurdo é tamanho que até no provador ela entrou quando fui experimentar. Depois de notar que na fila para pagar as camisetas, ela não saia do meu lado, entendi que o problema era eu. Após pagar, decidi testar uma última vez se aquilo realmente estava acontecendo. Então quando resolvi ir na parte da coleção nova, já estava ela de canto, parada, me encarando. E o pior de tudo são as pessoas olhando para minha cara como se eu realmente fosse uma suspeita”, escreveu Vitória.

Deixe uma resposta