Entretenimento

Estacionamento para Madonna gera polêmica em Lisboa

Madonna posa para foto na estreia do filme "The Beatles, Eight Days a Week", em Londres (Foto: AP / Kirsty Wigglesworth)

Oposição da Prefeitura considera que cantora esteja sendo tratada de maneira especial após permissão para alugar terreno em que deixará seus carros.

O aluguel de um terreno para que a cantora americana Madonna pudesse estacionar seus veículos perto de sua propriedade em Lisboa gerou uma polêmica que obrigou o município socialista a dar explicações nesta segunda-feira (2).

A polêmica surgiu por conta de um artigo do semanário português “Expresso” deste fim de semana que anunciava a existência de um contrato entre a estrela do pop e a Prefeitura de Lisboa. O documento previa o aluguel de um terreno que pode receber até 15 veículos a alguns metros de sua residência às margens do Tajo.

Essa revelação gerou indignação em boa parte da classe política portuguesa, que considerou que a estrela americana estava sendo tratada de forma especial.

O Bloco de Esquerda, aliado aos socialistas no governo português, pediu que regularizassem o estacionamento “com responsabilidade”, visto as dificuldades que os lisboetas têm neste local.

O PSD (centro), principal partido de oposição, quis saber “a razão para o prefeito autorizar tal exceção”. Outro partido de centro, CDS, acusou Fernando Medina, atual prefeito, “de usar o patrimônio para o seu benefício”.

Diante das reações, a Prefeitura lisboeta publicou nesta segunda-feira o conteúdo do contrato com Madonna, cujo objetivo era “evitar as perturbações de tráfego em uma rua estreita, mas muito transitada”.

O documento, assinado em janeiro, prevê o pagamento de um aluguel mensal de 720 euros pelo terreno e proíbe que a cantora tenha acesso ao palácio vizinho, que atualmente é objeto de negociações para se tornar a próxima embaixada do Timor-Leste.

O contrato terminará se Portugal e o país asiático chegarem a um acordo para estabelecer ali a sua representação diplomática.

Madonna se instalou em Lisboa no verão de 2017 seguindo os passos de estrelas do cinema como Monica Bellucci, Michael Fassbender e John Malkovich, além do criador de sapatos Christian Louboutin.

Com informações do France Presse/ G1

Deixe uma resposta