Conecte-se conosco

Entretenimento

Felipe de Oliveira acerta o alvo ao dar voz à atual produção musical mineira no álbum ‘Coração disparado’

Published

on

Embora Milton Nascimento tenha colocado definitivamente Minas Gerais no mapa da produção musical do Brasil ao criar o Clube do Esquina no início dos anos 1970, os compositores da região mineira nem sempre ocupam os centros das atenções, embora estejam perto demais das capitais.

Dar voz e vez a esses compositores é um dos méritos do álbum Coração disparado (Under Discos), lançado em CD neste mês de junho de 2018 por Felipe de Oliveira, cantor nascido há 25 anos em Belo Horizonte (MG). Em Coração disparado, Felipe acerta o alvo ao dar a voz andrógina a músicas assinadas em maioria por jovens compositores da cidade natal de BH, como é informalmente chamada a capital de Minas.

Além de ter valor documental por registrar oficialmente músicas como o samba-choro com clima de tango Outra história (Pedro Santos), o álbum seduz pela ótima qualidade do repertório, pelo canto afinado do intérprete – em cena desde 2014, ano em que estreou o primeiro show, Histórias do mundo em voz e violão – e pelo apuro da produção e da direção musical confiadas a Barral Lima e a Erick Krulikovski.

Compositores como Dé de Freitas, Guilherme Borges – parceiros no aliciante Samba da redenção ouvido na abertura do álbum – e João Vitor Rocha são nomes recorrentes nos créditos das onze músicas que formam o repertório de Coração disparado.

Felipe de Oliveira ecoa o canto também andrógino e por vezes teatral de Filipe Catto nas interpretações de músicas como A casa dos mil cordões azuis (Guilherme Borges e Dé de Freitas) sem que essa semelhança natural empane o brilho próprio do jovem mineiro. Também salta aos ouvidos no disco a ótica feminina sob a qual foram escritas as letras de músicas como Noite sem fim (Dé de Freitas e João Vitor Rocha) e Fé menina, joia sensível da lavra cantora, compositora e violonista mineira Deh Mussolini lapidada pelo intérprete com o toque do violão de André Milagres e do acordeom de Julian Tarragô.

Intérprete seguro o suficiente para encarar o canto a capella de Cidade(Phil Albuquerque), Felipe de Oliveira apresenta disco moderno (mas não muderno…) com força para extrapolar as fronteiras mineiras e dar justa visibilidade para a produção contemporânea de composições como Eu sonhei com você (Sérgio Oliveira), o lúdico xote Xotimamoeiro (Renato Pessoa), Chorinho para não gaguejar (Dé de Freitas e João Vitor Rocha) e Adeus Maria (Dé de Freitas e João Vitor Rocha), samba que soa como vinheta no disco por conta dos meros 51 segundos.

Enfim, o inspirado Coração disparado bate forte e merece ser ouvido além dos círculos independentes das Geraes. (Cotação: * * * *)

Com informações do Mauro Ferreira, G1

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Jorge & Mateus – Pra Nunca Dizer Adeus (Ao Vivo Em Goiânia / 2008)

Published

on

Music video by Jorge & Mateus performing Pra Nunca Dizer Adeus (Ao Vivo Em Goiânia / 2008). © 2009 Universal Music Ltda

http://vevo.ly/vMrAVe

Continue lendo

Entretenimento

Marília Mendonça & Maiara e Maraisa – Fã Clube

Published

on

Marília Mendonça & Maiara e Maraisa – Fã Clube

Ouça na sua plataforma digital favorita: https://somlivre.lnk.to/Patroas_35_

Inscreva-se no meu canal: http://bit.ly/MARILIAMENDONCAYOUTUBE​
PARA SHOWS (62) 3241-7163 / (62) 9 9186-2454
[email protected]
[email protected]

[ Letra ]
Compositores: Rafaela Miranda/ Kito/ Isabella Resende/ Gustavo Martins

Ah, se meus olhos tirassem fotos das poses que você faz
Eu nem buscaria mais
Seu beijo tem gosto de doce de leite
Quanto mais eu te beijo, mais aumenta minha sede

Quanto mais eu te provo, mais ainda te aprovo
E pra mim é difícil dizer não pra esse vício
Espetáculo te conhecer
Festival de amor e prazer

Meu coração fez um fã clube, só pra você
Ó meu amor, eu vim aqui só pra te ver
Meu coração fez um fã clube, só pra você
Depois do show na cama que cê deu

Meu coração fez um fã clube, só pra você
Ó meu amor, eu vim aqui só pra te ver
Meu coração fez um fã clube, só pra você
Depois do show na cama que cê deu

Sua fã número um sou eu, sou eu
Sua fã número um sou eu, sou eu

#MaríliaMendonça #MaiaraeMaraisa #FãClube

Spotify | https://spoti.fi/320Yq8N
Instagram | @mariliamendoncacantora
Twitter | https://twitter.com/MariliaMReal

Continue lendo

Entretenimento

Gustavo Lima investe na música inédita ‘O ex da sua vida’ para terminar o álbum de repertório romântico

Published

on

Foto: Divulgação

♪ Após o primeiro volume do álbum O embaixador falando de amor, apresentado em 10 de junho com 6 músicas, Gustavo Lima lança a segunda e última parte do álbum gravado no estúdio Balada, em Goiânia (GO).

Em rotação nos aplicativos de música desde quinta-feira, 1º de julho, o disco O embaixador falando de amor vol. 2 acrescenta sete canções ao repertório romântico. O foco de marketing da gravadora Sony Music – parceira do selo Balada Music na edição do álbum – atualmente recai sobre O ex da sua vida, faixa em que o cantor mineiro dá voz à composição inédita de Adryel Lima.

O resto do repertório deste segundo volume é composto por regravações de outros artistas? sucessos, como Va a ser (Cláudio Rabello e Franco Atílio), Se não tivesse ido (Marco Antonio Solís Sosa e Bruno), Os corações não são iguais (Augusto César, Miguel Plopschi e Paulo Sergio Valle), Quando um enorme amor se faz (Cantare è d’amore, Amedeo Minghi, na versão em português de César Augusto e Duchesca), e Você mudou (Fazendo amor do nada, Jim Steinman, na versão em português de Boiadeiro e Sandro Lemes).

Para aqueles que não sabem o nome da canção, Making love out of nothing at all é uma balada lançada em 1983 pelo duo australiano Air Supply.

Fonte: BLOG DO MAURO FERREIRA/G1.globo.com

Continue lendo
Publicidade

MAIS LIDAS

Enable Notifications    OK No thanks