Conecte-se conosco

Destaque

Com alta do dólar, BC anuncia aumento na venda da moeda no mercado futuro

Published

on

Dólar fechou semana cotado a R$ 3,74. Segundo BC, serão ofertados mais 15 mil contratos de ‘swap cambial’; expectativa é que, com aumento, montante negociado chegue a US$ 6,5 bilhões.

Banco Central informou nesta sexta-feira (18) que ofertará na próxima segunda (21) mais 15 mil contratos de “swap cambial”, que correspondem à venda de dólar no mercado futuro.

A medida foi tomada após a moeda fechar a semana cotada a R$ 3,74.

Essas operações são utilizadas pelo BC para diminuir as pressões da escalada do dólar no mercado à vista.

Até esta sexta, o Banco Central vinha ofertando 5 mil contratos nos leilões de swap tradicional, realizados diariamente.

Com a decisão anunciada pelo BC, o valor ofertado passará de US$ 250 milhões para US$ 750 milhões. A expectativa é que, com a mudança, o montante negociado até o fi, de maio passe de cerca de US$ 3 bilhões para US$ 6,5 bilhões.

No início do mês, o BC também deu início à renovação de 113 mil contratos que venceriam em 1º de junho e que somavam US$ 5,6 bilhões.

O que são swaps cambiais

Os swaps são contratos para troca de riscos: o BC oferece um contrato de venda de dólares, mas não entrega a moeda. No vencimento desses contratos, o investidor se compromete a pagar uma taxa de juros sobre o valor deles e recebe do BC a variação do dólar no mesmo período.

Esses instrumentos servem para dar “proteção” contra variações bruscas no câmbio aos agentes que têm dívida em moeda estrangeira. Isso evita que tenham que comprar moeda no mercado à vista para se protegerem.

Intervenção no câmbio

Em nota, o Banco Central informou que leilões adicionais podem ser realizados em caso de mudança do cenário econômico.

“O BC ressalta que os montantes das ofertas adicionais de swap poderão ser revistos e se reserva o direito de realizar atuações discricionárias, caso seja necessário”, diz o texto.

Além disso, a nota informa que a atuação do BC no mercado cambial é “separada de sua política monetária”. Com isso, a autoridade monetária informa que os novos leilões de swap cambial não estão relacionados com a atuação do Banco Central para controlar a inflação.

Esse esclarecimento se deve à decisão tomada pelo Comitê de Política Monetária (Copom), na quarta-feira (16), de manter a taxa básica de juros em 6,5%. A medida foi de encontro às comunicações do BC até então, surpreendendo o mercado financeiro e atraindo críticas à instituição.

Íntegra

Leia abaixo a íntegra da nota do Banco Central:

BC eleva a oferta de swap cambial

Na segunda-feira, dia 21 de maio, a oferta adicional de swap cambial será de 15.000 contratos no leilão realizado das 9h30 às 9h40. A data de início dos contratos será no dia útil subsequente à realização do leilão.

O BC ressalta que os montantes das ofertas adicionais de swap poderão ser revistos e se reserva o direito de realizar atuações discricionárias, caso seja necessário.

Além do leilão adicional de swap, o Banco Central dará continuidade à rolagem integral dos contratos vincendos em 1º de junho.

A atuação do BC no mercado cambial é separada de sua política monetária.

O Banco Central reitera que eventuais impactos de choques externos sobre a política monetária são delimitados por seus efeitos secundários sobre a inflação (ou seja, pela propagação a preços da economia não diretamente afetados pelo choque). Esses efeitos tendem a ser mitigados pelo grau de ociosidade na economia e pelas expectativas e projeções de inflação ancoradas nas metas.

Não há, portanto, relação mecânica entre o cenário externo e a política monetária.

Brasília, 18 de maio de 2018

Banco Central do Brasil

Com informações da Yvna Sousa, TV Globo, Brasília

Destaque

Katy Perry e Gwen Stefani vão se apresentar em um show de angariação de fundos para vítimas de incêndios florestais

Published

on

Katy Perry, Gwen Stefani e Chris Martin vão se apresentar no One Love Malibu, um show de arrecadação de fundos para as vítimas do incêndio na Califórnia.

Os performers, que também incluem Macy Gray, Robin Thicke e Rita Wilson, tocarão no One Gun Ranch em 2 de dezembro (18) para levantar fundos para aqueles que perderam suas casas devido ao Woolsey Fire, que deslocou cerca de 250.000 pessoas e destruiu 1.500 estruturas nos condados de Ventura e Los Angeles da Califórnia desde que começou no início de novembro.

A compositora Linda Perry, da 4 Non Blondes, está atuando como diretora musical do evento, e todos os lucros serão destinados aos esforços de socorro da The Malibu Foundation e One Love Malibu. Os fundos ajudarão principalmente as pessoas sem seguro ou aqueles com recursos e dinheiro limitados, bem como o refúgio e cuidados com animais e os esforços para reconstruir e regenerar Malibu.

Outros artistas incluem Natasha Bedingfield, Brandi Carlile, Chad Smith de Red Hot Chili Peppers, Taylor Hawkins de Foo Fighters, enquanto haverá aparições de Demi Moore, Orlando Bloom, Pierce Brosnan, Anjelica Huston, Cara Delevingne e Johnny do The Big Bang Theory Galecki.

A causa será particularmente próxima do coração da estrela Blurred Lines, quando ele recentemente perdeu sua casa em Malibu para os incêndios florestais, mas está planejando reconstruir.

“É apenas entulho”, disse Robin recentemente ao Entertainment Tonight. “Não sobrou nada. É uma ótima comunidade, é uma comunidade de pessoas maravilhosas, muitos pais cujos filhos freqüentam a mesma escola que meu filho. É devastador”.

O nome One Love Malibu parece inspirado no show One Love Manchester, que foi organizado em resposta ao atentado a bomba no evento Manchester Arena de Ariana Grande, em maio de 2017. A banda de Katy e Chris, Coldplay, também se apresentou no evento.

Continue lendo

Destaque

Nicki Minaj distribui perus antes do Dia de Ação de Graças

Published

on

Nicki Minaj retornou ao Queens em Nova York na quarta-feira (21 de novembro) para ajudar a distribuir perus no dia anterior ao Dia de Ação de Graças dos EUA.

O rapper de Starships uniu-se por sua mãe Carol como voltaram ao seu bairro de Queens para participar em uma oferta de peru com a ajuda dos oficiais do Departamento de Polícia de Nova Iorque (NYPD).

Nicki, que vestiu o calor de um moletom preto, calça de moletom preta e um casaco prateado metálico, postou uma selfie com sua mãe no Instagram e escreveu na legenda: “Mamãe e eu nos divertimos muito com vocês hoje … Amo todos vocês por terem saído. @Seanbellrecords & @bone_mbz + todos que ajudaram a fazer isso acontecer hoje, muito obrigado. QUEENS #QGTM (As Rainhas Peguem O Dinheiro) TE AMAM 4 VIDA. ”

Representantes do NYPD 113th Precinct compartilharam fotos do evento no Twitter que mostrou Nicki chegando ao local, o rapper ficou atrás da mesa e os policiais tiveram que segurar as barreiras de metal como centenas de fãs, que estavam na fila por um tempo. peru ou um selfie, encostou-se a eles.

“Quem disse que os rappers não devolvem a vizinhança de onde vieram? @NICKIMINAJ saiu e deu mais de 500 perus para a residência do sul da Jamaica”, escreveram eles.

Nicki retweetou a mensagem e acrescentou: “Obrigado a vocês por nos prenderem”.

O rapper Barbie Dreams não foi a única estrela a se envolver com atividades de caridade antes do Dia de Ação de Graças. Em todo o país, em Los Angeles, Kevin Hart e sua família, Minnie Driver e seu filho Henry, e Pharrell Williams ajudaram a distribuir alimentos para pessoas desabrigadas e vulneráveis ​​na Missão de Los Angeles. Milhares de pessoas fizeram fila no centro da cidade para receber uma refeição quente e cuidar de pacotes.

“Foi um bom dia. Servir recheio ao lado da família Hart colocou um sorriso permanente no rosto de Henry. @Lamission #community #thanksgiving”, escreveu Minnie no Instagram, além de uma foto dela, Henry e Kevin em seus aventais voluntários vermelhos.

Continue lendo

Destaque

Travis Scott lança ‘Astroworld’ e vira queridinho da crítica; veja como é o álbum do marido de Kylie Jenner

Published

on

Frank Ocean, Drake, Weeknd, John Mayer e Stevie Wonder estão entre os convidados do rapper.

O rapper americano Travis Scott lançou nesta sexta-feira “Astroworld”. Com o terceiro álbum de sua carreira, o marido da modelo e empresária Kylie Jenner se consolidou como queridinho da crítica americana.

“Ele vai além de seu limite artístico ainda mais além do que esperávamos”, escreveu a “Billboard”. Para a revista de música, Scott aposta em “texturas brilhantes e leva o ouvinte para uma viagem”.

A “Rolling Stone” baba ainda mais pelo rapper. Na crítica publicada pelo site da revista de entretenimento, o rapper é definido como um cara que passou sua carreira aperfeiçoando fórmulas. Em seu álbum novo, ele teria a chance de entrar em um clube restrito de rappers.

O artista de 26 anos batiza seu álbum com o nome de um parque que frequentava na infância, nos arredores de Houston, no Texas.

Veja os ‘featurings’ de Travis Scott em ‘Astroworld’:

  • Frank Ocean é o convidado de “Carousel”

  • Drake canta com ele em “Sicko Mode”

    • Stevie Wonder toca gaita em toca “Stop Trying to Be God”

  • “Who? What!” tem a presença de Quavo e Takeoff, do Migos

  • The Weeknd canta em “Wake Up” e “Skeletons”

  • John Mayer e Thundercat são os convidados de “Astrothunder”

Com informações do G1

Continue lendo
Publicidade

MAIS LIDAS

Enable Notifications    Ok No thanks